Não é de hoje que a fruticultura nacional supera barreiras territoriais e ganha novos mercados consumidores, tanto em países vizinhos como de outros continentes. A pesquisa, certamente, tem uma grande participação nesses resultados. É por meio dela que os produtores podem agregar um maior de tempo de vida útil aos frutos, possibilitando que eles chegam a locais nunca antes alcançados com a mesma qualidade da fruta tirada do pé.
A área de conhecimento responsável por esse trabalho é a Pós-Colheita. Na Embrapa Agroindústria Tropical, vários pesquisadores se dedicam ao tema que, embora tenha o prefixo pós em seu nome, começa bem antes da colheita, na caracterização e melhoramentos dos frutos. Nesta edição, você poderá conhecer um pouco mais sobre o assunto, que está mais presente no nosso dia-a-dia do que imaginamos.